TED: Palestras

Na semana do dia 18 de junho, Chris Anderson, o dono da TED (Tecnologia, Entretenimento e Design) um site sem fins lucrativos que organiza e disponibiliza palestras sobre os mais diversos temas gratuitamente na internet deu entrevista a Veja nas paginas amaerelas. Eu ja acompanho estes vídeos a um ano e gostaria de compartilhar com vcs 10 TEDtalks que fala sobre arquitetura, design e urbanismo. (via ArchDaily).

DICA: Baixando o aplicativo no Ipad/Iphone os vídeos tem legenda em português.

1. Thomas Heatherwick: Construindo a Catedral de Semillas. Geralmente há uma resposta óbvia para a maioria dos problemas, no entanto, Thomas Heatherwick é um arquiteto que se recusa a tomar a rota convencional e este vídeo mostra-nos cinco projetos resolvidos através de desenhos inteligentes inspirados pela biologia.

2. Bjarke Ingels: 3 histórias de arquitetura evolutiva. Enquanto seus edifícios são admirados mundialmente, para Bjarke Ingels é muito mais útil e interessante a história por trás do desenho de seus projetos. Diante de sua própria história da arquitetura evolutiva, detalha como o processo de projeto reflete as teorias de Darwin, a adaptação e improvisação.

3. Joshua Prince-Ramus: A Biblioteca Pública de Seattle e outros projetos. Aos olhos do arquiteto Joshua Prince-Ramus, fundador do REX OMA Nova Iorque, hiper-racionalidade significa pegar um pensamento racional, frio e duro e levá-lo a níveis extremos, quase absurdos. Este foi o processo usado na Biblioteca Pública de Seattle, no Museu Plaza em Louisville e no Teatro Charles Wyly, em Dallas.

4. Cameron Sinclair e a arquitetura de código aberto. Ao receber o Prêmio TED em 2006,Cameron Sinclair demonstrou como os designers e arquitetos podem ser apaixonados no momento de responder à crise imobiliária global, apresentando seu projeto para desenvolver uma rede que melhora as condições de vida a nível mundial através do projeto colaborativo.

5. Magnus Larsson: Transformando dunas em arquitetura. O estudante de arquitetura Magnus Larsson detalha seu plano ousado para transformar o deserto do Saara usando bactérias e um material construtivo surpreendente: a própria areia. Sua ideia é criar uma parede que possa ser projetada e construída pela própria natureza, criando espaços verdes e proporcionando locais para as pessoas viverem.

6. Julian Treasure: Por que os arquitetos precisam usar seus ouvidos. Devido a problemas de acústica, alunos perdem 50 por cento do que os seus professores lhes dizem nas salas de aula e os pacientes têm problemas para dormir em hospitais, porque se sentem continuamente estressados. Julian Treasure convida os arquitetos a prestarem atenção à “arquitetura invisível” do som.

7. Liz Diller: Uma bolha gigante para o debate. O National Mall, em Washington DC é possivelmente o espaço público mais importante dos EUA. O trecho famoso já foi palco de grandes discursos públicos e de manifestações. Apesar disso, o espaço é limitado por construções de pedra em ambos os lados. O mais introvertido deles corresponde à Hirshhorn. Diller Scofidio + Renfro, buscando transformar este edifício em um espaço aberto e brilhante capaz de refletir o espírito do fórum público, propôs uma bolha de ar.

8. Frank Gehry como um jovem rebelde. Antes de se tornar uma lenda, o arquiteto Frank Gehry faz uma revisão por seus primeiros trabalhos, desde sua casa em Venice Beach até Centro Americano em Paris, que estava em construção na época desta palestra em 1990.

9. Daniel Libeskind: 17 Palavras da Inspiração Arquitetônica. Daniel Libeskind desenvolve idéias monumentais. Nesta palestra ele compartilha 17 palavras sobre as quais se apoia sua visão da arquitetura – básica, arriscada, emocional, radical – oferecendo inspiração para qualquer empreendimento criativo.

TED: Daniel Libeskind

10. David Byrne: Como a arquitetura ajudou na evolução da música. Finalizamos esta lista com um personagem que não é um arquiteto, mas sempre manteve uma estreita relação com as questões relacionadas com a cidade e com a arquitetura. Enquanto sua carreira musical progredia, David Byrne passou de seus concertos no CBGB ao “Carnegie Hall’. Byrne pergunta: É o lugar que faz a música? De tambores tocados nas ruas, passando pelas óperas de Wagner e chegando ao rock, ele explora como contexto arquitetônico levou a inovação musical.

 

Categoria: ARQUITETURA, Blog, Inspiração · Tags:

Casa Cor SP 2014

Hoje fui visitar a Casa Cor e aproveitei para selecionar meus ambientes preferidos para colocar aqui no blog.

A mostra esta mto bonita, com ambientes amplos (muitos lofts), o que deixa o passeio muito agradável e mais uniforme. Sao apenas 79 ambientes, bem menos que edições anteriores e sem um tema engessado os ambientes refletem o estilo e liberdade de criação dos profissionais envolvidos.

Fotos via Estadao.com.br e CasaVogue.com.br

Vale a pena conferir!

 

Casa Cor SP 2014
Local: Jockey Club de São Paulo
Endereço: av. Lineu de Paula Machado, 1.173, São Paulo
Data: de 27 de maio a 20 de julho (nos dias de jogos da Copa, os portões serão fechados meia hora antes dos jogos e abertos meia hora depois. Na estreia, dia 12/6, não abre)
Horários: de terça a sábado, das 12h às 21h30; e aos domingos e feriados, das 12h às 20h
Ingressos: de terça a sexta, R$ 45; sábados, domingos e feriados, R$ 57; e passaporte válido para todos os dias, R$ 120

Matéria no site Terra.com.br

Confira o Antes e Depois deste apartamento na matéria do Terra com projeto do escritório Danyela Correa – arquitetura e interiores.

A reportagem destaca as transformações propostas pelo escritório para otimizar o espaço e adequa-lo as necessidades dos moradores, sempre com mto charme!

Veja materia completa no link: Vida e Estilo – Terra

Plano Diretor SP

As principais novidades propostas pelo Plano Diretor de São Paulo, foram destaque na Veja São Paulo.

Entre as medidas estão calçadas mais largas e mais prédios mistos de comércio e moradia, ADOREI!

Espaço limitado para carros, gerar empregos em áreas extremas da cidade e estimular a agricultura e o ecoturismo dentro da cidade.

Pra quem gosta de urbanismo, vale conferir, afinal estamos falando do desenvolvimento de São Paulo, e uma cidade melhor planejada é sinônimo de Qualidade de Vida.

Confira a reportagem: http://vejasp.abril.com.br/materia/novas-propostas-plano-diretor-sao-paulo

Revestir 2014

Esta semana aconteceu em SP a Expo Revestir 2014, que traz todo ano as novidades e lancamentos do setor de acabamentos e revestimentos.

Abaixo alguns destaques que chamaram a minha atenção:

Metais de banheiro não precisam ser mais cromados brilhantes, a feira trouxe em diversas linhas metais coloridos como dourado, ouro vermelho, cobre, bronze e Niquel – meu predileto – todos com opcao de acabamento fosco ou brilhante. Este sao da Hansgrohe, design por Philippe Starck. A marca alemã também trouxe metais assinados pela designer Patricia Urquiola.

Axor: Repensando na proposta do chuveiro como fonte de conforto e aconchego, a grife de design deste segmento Axor, do grupo Hansgrohe, traz o Axor Nendo LampShower, desenvolvida pelo estúdio Nendo. A peça é um híbrido de chuveiro e lâmpada destinado a uma sala de banho com intenção de oferecer uma proposta sensorial.(via CasaVogue)

Cores: Diversas marcas apresentaram uma cartela ainda maior de tons em seus produtos, a tendência foram tons pasteis como estes da Pavigres.

Porcebras: a marca trouxe porcelanatos ainda mais surpreendentes com texturas e uma qualidade de acabamento que fica mto dificil dizer o que realmente sao. Eles imitam tecidos, papel de parede e possue relevos e texturas com mto estilo.

A grande aposta deste ano, na minha opinião sao produtos com formato 3d que oferece volumetria para causar impacto no ambiente. “Ao aplicar este produto o ambiente já ganha uma vida e causa um efeito visual muito interessante.”(via NataliaNoleto)

Palimanan: veio com uma novidade fora do comum, a lamina Skinner é feita de pedra e é MALEÁVEL! Uma fina camada de pedra é sobreposta a uma camada de fibra de vidro o que permite revestir paredes, pisos e moveis e ate fazer curva com Pedra!

Cerâmica Atlas: Entre as pastilhas de porcelana que se destacam na nova coleção da marca está a série assinada pela artista plástica Tomie Ohtake, inspirada na essência da sua obra abstracionista. As peças no formato 7,5 x 7,5 cm podem ser encontradas em quatro cores que simbolizam os elementos da natureza: azul (água), vermelho (fogo), dourado (terra) e branco (ar). (via CasaVogue)

Deca: A Deca decidiu inovar mais ainda seus metais com a nova tecnologia D.coat, cuja finalidade é tornar os produtos mais resistentes a riscos e outros tipos de desgastes, além de apresentar novos acabamento e cores exclusivos: Gold, Gold Matte (foto), Red Gold, Black Noir, Black Matte e Inox.(via CasaVogue)

 Decotiles: Porcelanato que imita madeira pintada e lixada, lindo para ambientes casuais como uma casa de praia!