Neolith – Tudo o que você precisa saber

Hoje recebemos uma visita muito especial da Dayane, da empresa Alicante, representante do Neolith no Brasil. Ela nos explicou quais são as principais características desse material tão falado na Expo Revestir de 2017.

 

 

A Neolith existe a 14 anos, mas no mercado brasileiro existe a 6 anos. A empresa apresentou na 15ª edição da Expo Revestir, os Chefs Especiais (projeto social que quem vai para a cozinha são jovens portadores de Síndrome de Down), que faziam ao vivo comidas deliciosas e de cara já provavam a qualidade do Neolith instalado em seu stand. O uso de facas e maçaricos era feitos direto no material, mostrando toda a sua resistência.

 

Bancada e parede em Neolith

 

Do que e como é feito ?

Com fabricação espanhola, apenas materiais naturais são usados na produção das peças.

São usados em médias 12 tipos de minerais, que são triturados até virarem pó, além da argila que entra para dar liga a massa. Após esse processo, o material é submetido a uma ultra compactação com toneladas de peso, que não permite que fique espaço para oxigênio, deixando a peça não porosa. E para finalizar, a queima é feita a mais de 1.200° em um forno especial.

Bancada e paredes em Neolith

 

Onde pode ser utilizado?

Desde revestimento para pisos, paredes, mobiliários, até bancadas de cozinhas. O Neolith trabalha com espessuras de 3mm, 5mm , 6mm e 12mm que atendem superfícies diversas, podendo até serem usados em fachadas expostas ao sol sem problemas.

 

Bancada de cozinha com Neolith

 

Medidas Existentes

A Alicante, representante da Neolith no Brasil, vende as peças em 2 tamanhos 3.20×1.50 e 3.60×1.20.

Os cortes do material deve ser feito em marmoraria com mão de obra especializada.


 

Vantagens

Sem problemas com riscos: Devido a sua fabricação, a superfície fica tão resistente que só pode ser riscada com materiais diamantados. O nível de dureza desse material é maior que os granitos e pedras convencionais.

Sem manchas: Por ser um material não poroso, nenhum liquido é absorvido, garantindo sua cor por muito e muitos anos.

Totalmente natural: Não utiliza substâncias nocivas e pode ser reciclado

Resistente a fogo e altas temperaturas: Não mancha e não queima

Super Higiênico: Por não ser poroso, não permite a proliferação de mofo, fungos e bactérias.

Pode ser usado em ambientes externos: Não sofre com os raios UV e mudança de temperaturas.

Resistente ao desgaste: Devido sua dureza, faz com que seja altamente resistente a riscos, ao raios UV e à mudanças bruscas de temperatura.

Resistente a produtos químicos: Superfície não porosa que impede que a sujeira e líquidos penetrem no material. É resistente à manchas e é fácil de limpar.

 

Mesa corporativa revestida com Neolith

Neolith na parede e piso

Banheiro com cuba e gabinete em Neolith

 

Bancada do banheiro em Neolith

Fachada em Neolith

 

Equipe Danyela Corrêa Arquitetura na Expo Revestir

O melhor da EXPO REVESTIR 2017!

Entre os dias 07 e 10 de Março rolou em São Paulo a Feira Expo Revestir em sua 15ª edição. E como de costume, fomos conferir todas as novidades.

Equipe Danyela Corrêa Arquitetura na Expo Revestir

Equipe Danyela Corrêa Arquitetura na Expo Revestir

Ela é chamada de a Fashion Week da Arquitetura e Construção. Grandes marcas como Deca, Eliane, Duratex, Portobello expoem seus produtos todos os anos na feira.

Acompanhe os destaques aqui:

 

Deca

Chuveiro 3D Deca

Chuveiro 3D Deca

 

A tecnologia 3D chegou até no nosso banheiro! A Deca lançou esse modelo de chuveiro feito em impressora 3D, que diferente dos demais, é vazado, e a água percorrer entre suas tramas, e tudo isso sem perder a pressão! Muito moderno!

 

Jader Almeida para Deca

Jader Almeida para Deca

Outro lançamento da marca, foi a linha assinada pelo renomado Arquiteto e Designer Jader Almeida. Ainda sem data para lançamento nas lojas, as peças usam o minimalismo e mistura de materiais para encantar em todos os ângulos. Agora é torcer para ficar disponível nas lojas, estamos ansiosas para usar em nossos projetos!

 

Deca Comfort é o novo sistema da Deca que não deixa que a água da torneira espirre no usuário, mesmo com o uso de cubas mais baixas que é tendência do mercado.

 

Deca Acqua Return

Sabe toda aquela água jogada fora quando estamos esperando o chuveiro esquentar? Se depender do novo sistema de aquecimento Acqua Return isso nunca mais vai acontecer. Ele é acionado antes de abrirmos o chuveiro ou torneira, e quando atinge a temperatura solicitada, um alerta sonoro é ativado. É o fim do desperdício!

 

Biancogres

Biancogress Matelasse Black

Biancogress Matelasse Black

O grande destaque de lançamento da marca Biancogres é o porcelanato Matelassê Black, recebeu o prêmio BEST IN SHOW, ficou como um dos melhores revestimentos lançados nessa edição da feira. A decoração do stand foi feita pela nossa amiga e Designer Inayara Ricardi.

 

Alicante – Neolith

A empresa Alicante expos nessa edição da Expo Revestir as novidades da fabricante portuguesa Neolith. Na feira vários chefs faziam a preparação de comidas ao vivo, muitas vezes usando facas e maçaricos direto no material, que resistiu tudo com tranquilidade. O Neolith pode ser instalado em diversos lugares, desde o piso até as bancadas da cozinha.  

Os produtos lançados foram:

Neolith strata

Strata Argentum

Strata Argentum que é inspirado no mármore WoodWhite que misturam o cinza e o bege claro; 

 

La Bohèma

La Bohèma inspirado no tronco de cedro libanês;

 

Onyx

Onyx inspirado na pedra semipreciosa de ônix branco.

 

Docol

Docol Vitalis

Torneira Docol Vitalis

Depois de anos de pesquisa, a Docol lançou na Expo Revestir a Torneira Docol Vitalis, uma torneira que vem equipada com um aparelho que transforma o oxigênio do ar em ozônio. O ozônio é um esterilizante natural, que misturado com a água consegue eliminar 99% das bactérias e 75% dos agrotóxicos. Com isso, a limpeza dos alimentos fica muito mais eficiente, e podemos até limpar uma chupeta de bebê sem ter problema ou precisar ferver a água. Os odores dos alimentos também são eliminados com essa nova tecnologia.

 

 

Eliane Revestimentos

Revestimento Eliane

Eliane Oxido AC

As novidades da Eliane são seus porcelanatos gigante, com tamanhos até 1,20×2,40m. Ficam lindos em diversos ambientes, podendo ser usados até mesmo em fachadas e locais molhados. Os acabamentos imitam cimento, chapas metálicas e mármores clássicos.

Coleção AGA cor Urban

Coleção AGA cor Desert

                                  

Outro lançamento da marca foi a linha AGA feita em parceria com o arquiteto paisagista Alex Hanazaki, ótimas tanto para ambientes externos ou internos. São sete cores que remetem a natureza, disponíveis em formato 90x90cm.

 

Green Wall Caramic

 

Green Wall Parede Verde

Bloco para parede verde – Green Wall

Green Wall Parede Verde

Parede Verde com os blocos Green Wall



Nessa edição da Expo Revestir, a Green Wall apresentou as suas peças cerâmicas para jardim vertical, que permitem painéis de diversos tamanhos, alturas e desenhos. Além da estética, temos diversos benefícios como o racionamento da água, redução de temperaturas, poluição sonora e do ar e economia do uso do ar condicionado. Lembrando que essas peças causam uma carga extra, que deve ser verificada por um profissional, para evitar problemas. O sistema pesa até 120kg o metro quadrado depois de instalado e plantado.

 

Lurca

Lurca azulejos decorativos

Linha Antejo – Tejo

Lurca azulejos decorativos

Linha Antejo – Mira

Como inspiração da nova coleção da Lurca, Alentejo é uma região de Portugal onde é muito popular o uso dos azulejos tradicionais. As peças contam com geometria simples sob base branca, como de costume da marca. Os valores ficam em média R$540,00 o metro quadrado.

 

 

Oca Brasil

 

Oca Brasil Painel tropicália

Painel Tropicália

Os revestimentos em madeira estão super em alto no mercado. A Oca Brasil trouxe esse material para ser usado do piso ao teto. A linha Tropicália representa a fauna e flora brasileira, e veio para comemorar os 50 anos do movimento tropicalista.

Oca Brasil Painel ripado

Painel Ripado

 

 

Os painéis de madeira vieram em madeira maciça ripada, que além de durabilidade, trás os traços do minimalismo e contemporaneidade, ficam lindos tanto nas paredes como no teto. E o melhor de tudo: podem ser usados em áreas externas!

 

Salvabras

 

Salvabras salva pintura

Salva Pintura

A Salvabras tem como seu carro-chefe o Salva Piso, que protege os pisos delicados em obras, com a mistura do papel kraft com plástico bolha. Nessa edição da Expo Revestir, a empresa lança o Salva Pintura, que protege vidros, janelas e batentes. O produto conta com o plástico eletrostático que fixa rapidamente em qualquer superfície, e não deixa sujeira de cola ao ser retirado.

 

Cerâmica Atlas

 

Cerâmica Atlas REC

Pastilhas Linha REC

 

Cerâmica Atlas

Linha Ônix

A Cerâmica Atlas trouxe a linha de pastilhas sustentáveis Suprema REC, com novo formato de 5x5cm. A melhor parte dessas peças é que utilizam ate 65% dos resíduos da fábrica para sua criação. Outra linha que chama muita atenção é a Linha Ônix que lembram os azulejos do metrô de Londres e Nova Iorque com tamanho 5x23cm nas cores vermelho e branco. Essa linha conta com las laterais bisotadas e trazem um toque vintage.

 

Decortiles

 

Decortiles Cobogó

Cobogó Linha CALU

 

Decortiles Expo Revestir 2017

Linhas Urban Shapes e Brise

Dois pontos chamaram muita atenção no stand da Decortiles nessa edição: Cobogós e revestimentos geométricos. O primeiro é uma linha assinada pelo designer Calu Fontes, usando novamente a geometria como desenho. O segundo item das linhas Urban Shapes e Brise contam com a cor figo e preto como suas principais, todas com relevos imponentes e bem marcados.

 

Duratex

Duratex na Expo Revestir 2017

Duratex na Expo Revestir 2017

 

A Duratex trouxe muitos revestimentos que imitam a madeira de uma forma bem natural, até mesmo as ranhuras que antigamente eram vistas como defeitos da madeira, estão presentes nessas peças. A linha Capadócia faz parte desse lançamento e tem dimensão de 7×187. A linha Chamonix traz o formato de espinha de peixe em sua paginação, remetendo ao passado.

Outra novidade ainda sem data de lançamento é o APP da Duratex que mostra os seus revestimentos em 360°, nele nos sentimentos no ambiente e podemos ver como o piso se comporta em locais mais claros ou escuros, evitando surpresas para os clientes.

 

Santa luzia

 

Santa Luzia coleção escama Rosenbaum

Coleção Escamas por Rosenbaum

Santa Luzia rodapé reforma

Rodapé Linha Reforma

A colação ESCAMAS foi criada pelo designer Rosenbaum com parceria do escritório Fetiche Design. A fabricação do revestimento é feita com resíduos de poliuretano, o que deixa o revestimento mais leve e sustentável. Uma ótima notícia é que ele é resistente aos raios UV e mofo, o que permite sua instalação em ambientes externos.

A linha Reforma de rodapés também chamou muita atenção. Estão disponíveis com alturas de 11 e 15cm, e dispensam a retirada do antigo rodapé, podendo ser instalado por cima do existente.

 

Tramontina

Cuba sobrepor Tramontina

Cuba de sobrepor Tramontina

A marca trouxe para essa edição da Expo Revestir seus modelos de cuba para cozinha de sobrepor. São modelos em quartzo, com opções de cuba dupla ou simples. Possuem íons de prata que evitam o surgimento de bactérias e sujeira.

Revista Casa e Construção

2016 foi um ano de muito trabalho e conquistas, completamos 5 anos de escritório, e para fechar com chave de ouro:
SAÍMOS EM UMA MATÉRIA EM UMA REVISTA IMPRESSA!

A publicação na Casa e Construção (edição 130) foi sobre um projeto super especial que fizemos desde a concepção, recebimento das chaves, execução da obra e produção.
O Apartamento foi presente surpresa de uma filha para a sua mãe! Pura emoção!!!
Pegamos as informações de preferência da futura moradora, como cor e estilo, e também nos preocupamos com a acessibilidade e funcionalidade dos ambientes. Detalhes como as alturas dos armários, posição da cama, vãos de passagem foram cuidadosamente projetados para facilitar o dia-a-dia da moradora.

Aqui em baixo está o vídeo com as imagens da nossa reportagem.

 

Veja alguns antes e depois dessa obra e por fim as fotos finais maravilhosas feitas pela fotógrafa Mariana Orsi.
A produção final do apartamento foi feita em parceria com a Designer Renata Romeiro.

 

Antes e Depois – Sala de Estar

Antes e Depois – Área de Serviço

Antes e Depois – Cozinha

Antes e Depois – Banheiro Suíte

Antes e Depois – Banheiro social

 

Cozinha integrada, móveis inferiores amadeirados e superiores com porta em vidro branco.

Detalhe Bancada em pedra com cooktop, ladrilho hidráulico e placa de inox na parede

Porta Articulada para acesso a lavanderia e móveis cozinha

Lavanderia com bancada em Caeserstone e móveis em marcenaria

 

 

Sala de jantar com mesa em laca branca, painel na parede com espelho e iluminação com lustre

Sala de estar, jantar e cozinha integrada

Sala de estar com painel em folha de madeira natural e móvel em laca branca

Sala de estar e varanda integradas

Varanda no mesmo nível da sala de estar

Detalhe das mesas de apoio na varanda

Painel de madeira para cultivo de ervas

Corredor com fotos da familia

Suíte romântica com papel de parede e detalhes na cor preferida da cliente

Suíte romântica, detalhe do criado mudo pintado em laca azul e janela acústica

Suíte romântica, detalhe da penteadeira com gavetas

Quarto de hóspedes com móveis de marcenaria para atender a necessidade do cliente

Quarto de hóspedes, detalhe do armário suspenso com nicho e espelho

Quarto de hóspedes, detalhe para a bancada de trabalho com iluminação embutida na prateleira

 

 

 

Decorando a casa para o inverno

É, o inverno está de volta, gostando ou não dessa estação do ano, temos que nos adaptar. Isso não é diferente com as nossas casas, com pequenas mudanças é possível mudar o visual, e deixar o lugar mais aconchegante. Veja algumas das nossas dicas para enfrentarmos esse friozinho com estilo.

Cadeira trico - Casa.com.br

Cadeira com trico – Fonte: casa.com.br

 

Almofadas e mantas

Com uma mudança pequena, investir em almofadas e mantas, além de dar um up no visual, é ótimo para o frio. Isso serve tanto para a sala quanto para os quartos. O melhor nas almofadas é a possibilidade de troca de capa, e sempre atualizar o ambiente de acordo com a estação ou com o nosso humor. As mantas são ótimas para assistir tv, as peseiras (tecidos que ficam na região dos pés na cama) além de aquecer, dá um chame ao quarto.

Colcha - Casa de Valentina

Sofá com manta e almofada – Fonte: Casa de Valentina

 

Cortinas

As cortinas de tecido fino dão lugar aos tecidos mais grossos, que não permitem a circulação de vento. O ideal é deixar as janelas e portas abertas pela manhã, e no restante do dia fechadas. Assim mantemos o ambiente arejado e aquecido ao mesmo tempo.

Cortina - Foto Thyara Porto

Sala com cortina de tecido- Fonte Thyara Porto

 

Lareira

As lareiras são uma ótima pedida para o friozinho, as mais indicadas são as ecológicas que são a base de álcool, não poluem e não precisam de chaminé, pois não emitem fumaça. No mercado existem de todos os tamanhos, as portáteis são fácil de transportar e cabem até em ambientes pequenos.

Lareira ecológica - construflama

Living com lareira ecológica – Fonte: Construflama

 

Tapetes

Os tapetes quando bem utilizados, preenchem a sala e completam a decoração. No inverno o ideal é usar os tapetes com tecidos mais felpudos, que aquecem e protegem do contato com o chão frio. Não se esqueça dos tapetes dos banheiros. Veja abaixo algumas imagens de como usar os tapetes sem errar no tamanho.

 

Tapete - Casa Vogue

Sala com tapete felpudo – Fonte: Casa Vogue

 

Tapete tamanho - incrivel.club

Acerte no tapete do quarto – Fonte: Incrível.club

 

Tapete tamanho - carinapedro.com

Acerte no tapete da sala – Fonte: carinapedro.com

 

 

Iluminação

Deixe de lado a iluminação branca e aposte nos tons amarelados, eles são mais aconchegantes e tornam o ambiente mais intimista, principalmente para os quartos.

Iluminação - palazzo.ind.br

Quarto com iluminação quente – Fonte: palazzo.ind.br

 

iluminação - temperatura

Temperatura de cor

 

Madeira

Não existe estação para a madeira, mas no inverno ela rouba a cena. Pode ser usada em diversos lugares, como pisos, painéis e mobiliários. Assim além de mais quente, o ambiente fica mais aconchegante.

Madeira - casa vogue

Sala com móveis em madeira e painel de madeira nas paredes – Fonte: Casa Vogue

 

Gostou de nossas dicas? Ficou com dúvida ou tem uma sugestão de assunto? Comente aqui em baixo!

 

Veja nossos perfis no Facebook e Instagram e fique por dentro de todas as novidades do escritório!

 

https://www.facebook.com/DanyelaCorreaArquiteta/

https://www.instagram.com/danyelacorrea.arquiteta/

 

Cimento queimado

Você já ouviu falar em piso de cimento queimado? Sabe o que é? Vamos explicar um pouco sobre esse revestimento que está super em alta nas casas brasileiras.

Ouvindo o nome queimado já imaginamos que se trata de uma instalação difícil, que envolve fogo, mas para a nossa surpresa, a queima significa a técnica de se jogar cimento em pó em cima da massa de argamassa ainda molhada.

 

DanyC_apDetroit 018

Piso em cimento queimado – Danyela Corrêa Arquitetura e Interiores

 

Primeiro, onde podemos instala-lo? Ele resiste a ambientes úmidos?

Ele resiste a ambiente úmidos e pode ser instalado até em partes externas, em banheiros, cozinhas ou áreas de serviço. Mas exige um cuidado maior, pois é um piso liso, e quando molhado fica escorregadio. O melhor é mesclar com outros revestimentos, como pastilhas ou ladrilho hidráulicos, assim podemos evitar acidentes. Ele pode ser usado em toda a casa!

 

 

6564544836d1399094269baddd486a5f

Parede em cimento queimado – Fonte: Pinterest

 

É possível aplica-lo por cima de outro revestimento?

Como é um revestimento muito fino – cerca de 4mm – é indicado a remoção de qualquer piso existente para depois instala-lo. Qualquer desnível fica muito aparente com o cimento queimado. Então o melhor é que ele seja aplicado direto no contrapiso, e antes deve ser feito um acerto de nível, para que o novo piso fique bem lisinho.

 

Cimento queimado - Diego Revollo

Piso em cimento queimado – Fonte: Diego Revollo

 

Qual é a diferença entre o cimento queimado e o tecnocimento?

Cimento queimado é feito com a massa artesanal, ela é mais sujeita a manchas e trincas, para quem busca um estilo mais rustico, esse é o ideal. Mas para quem prefere ter um piso mais homogêneo, é recomendado o uso do tecnocimento, se trata de uma massa pré fabricada e com aditivos, que deixam o revestimento mais resistente e versátil. Além disso, não é necessário o uso de juntas de dilatação, claro que para não aparecer trincas, é necessário que o contrapiso esteja firme e nivelado.

 

DanyC_apDetroit 009

Piso em cimento queimado – Danyela Corrêa Arquitetura e Interiores

 

Como podemos evitar as trincas?

As trincas acontecem devido a dilatação e retração do cimento, isso acontece com o calor e o resfriamento do local. Para evitarmos esse tipo de problema o ideal é o uso de juntas de dilatação, que podem ser feitas em madeira, plástico ou de metal, e devem estar a no máximo 1 metro de distância entre elas.

Como evitar as manchas?

Elas acontecem devido a um fenômeno chamado eflorescência, que é a liberação de gases pelo cimento, que chegam a superfície e causam as manchas. Pisos expostos ao sol também têm maior tendência de não ficarem homogenias. Para evitar esses problemas, a cura do cimento deve ser feito de forma lenta, e é preciso escolher materiais de qualidade. Optar por massas pré-fabricadas resolvem muitos problemas com esse tipo de piso.

 

DanyC_apDetroit 002

Piso em cimento queimado – Danyela Corrêa Arquitetura e Interiores

 

Posso aplicar o piso sozinho?

Apesar da facilidade com a instalação, é necessário a contratação de mão-de-obra especializada, a fim de evitar problemas futuros.

 

Cimento queimado - Eduarda Corrêa

Piso em cimento queimado – Fonte: Eduardo Corrêa

 

E os pisos com cimento colorido? Como são feitos?

Para conseguir um piso com coloração, é utilizado pigmentos na própria massa. É possível encontrar massas pré fabricadas com algumas opções de cores. O piso branco fica com maior regularidade de cor quando comparado com os demais. Para atingir essa cor é necessário usar cimento branco e pó de mármore junto da argamassa.

Quanto tempo depois da instalação o local não pode ser utilizado?

É recomendado que o local fique de 3 a 10 dias em isolamento, esse tempo é necessário para que o cimento seja curado. Esse termo é usado para o processo que desacelera a evaporação de água do concreto, quando bem feito, pode aumenta a resistência do concreto em até 30%. O local deve ser mantido úmido e coberto até a sua finalização. Por isso é tão importante esse tempo de isolamento do piso.

 

Cimento queimado - Carlos Rossi

Piso em cimento queimado – Fonte: Carlos Rossi

 

Como deve ser feita a manutenção do piso? Ele é durável?

Para a limpeza deve ser usada água e sabão neutro, existem no mercado algumas ceras liquidas ou em pasta que dão brilho ao piso. Para o acabamento do piso é recomendado a aplicação de uma camada de resina acrílica que ajuda na impermeabilização, protegendo da ação da água. Quando feito por profissionais especializados e com manutenção adequada, esse piso pode durar por muito e muitos anos.

 

Eai, ficou com vontade de reformar a casa toda? rs

Se tiver com alguma dúvida, comente aqui em baixo.

 

Veja nossos perfis no Facebook e Instagram e fique por dentro de todas as novidades do escritório!

 

https://www.facebook.com/DanyelaCorreaArquiteta/

https://www.instagram.com/danyelacorrea.arquiteta/

 

 

Apartamento Duplex – Campo Belo

 

Para esse apartamento, localizado no Campo Belo, o casal buscava um ambiente jovem, para receber amigos, sem perder o aconchego do dia-a-dia.

Ele, como todo o gaúcho, adora cozinha e um bom churrasco. A integração dos ambientes se tornou indispensável, além de proporcionar mais amplitude para a sala e cozinha.

Antes e Depois – Cozinha

A escolha dos revestimentos visou a praticidade, optamos por piso de porcelanato na sala e cozinha, e granito na varanda. Os armários sob medida também foram pensados para acomodar todos os objetos e eletrodomésticos, deixando os espaços mais funcionais. Aproveitamos cada cantinho do apartamento, até mesmo o vão abaixo da escada, que foi utilizado para acomodar a adega e armário “escondido” para malas e outros objetos.

A área de serviço foi isolada através de uma porta de correr de espelho, e o restante da parede alinhada a porta também recebeu revestimento de espelho afim de proporcionar maior sensação de amplitude.

 

No andar superior, utilizamos piso vinílico que imita a madeira, mais agradável ao tato, além de suas propriedades acústicas. A varanda da suíte do casal foi fechada e transformada em um closet com cantinho para leitura.

Veja abaixo mais imagens:

Fotografo Renata Carrara

Antes e Depois – Varanda

Antes e Depois – Sala de Estar

 Antes e Depois – Lavabo

Antes e Depois – Varanda Suíte

Suíte Master

  

Mais Fotos da REVESTIR 2012

REVESTIR 2012

Semana passada aconteceu aqui em Sao Paulo a Expo Revestir – Feira Internacional de Revestimentos – uma fonte cheia de novidades para soluçoes em acabamentos para projetos de decoraçao e arquitetura.

Vou aproveitar para compartilhar alguns dos itens que se destacaram na minha opinião.

Na minha visao geral do evento os pontos fortes foram:

1- Sustentabilidade: materiais de reuso, novos produtos fabricados a partir da reciclagem e aproveitamento de sobras;

Exemplo: Painéis produzidos a partir da reciclagem de garrafas PETs e pó de pedras naturais.

Revestimento da Studio Marmo feito da reciclagem de PETs e restos de pedra
Revestimento da Castelatto feito da reciclagem de PETs e restos de pedra

E também a Vidrepur, fabricante da linha Vitreo, pastilhas de material 99% reciclado e que é vendida em diversos representantes nacionais

2- Tecnologia: materiais que copiam e parecem, mas não são;

Exemplo: Pisos vinilicos que parecem madeira, cerâmicas que imitam pedra, pastilhas cerâmicas que parecem fibra de coco entre outros;

Villagres - fachadas ventiladas

Revestimentos cerâmicos em alto relevo da Incefra Design

Pastilha Carrara - tecnologia Full HD da ViaRosa

Interfloor (PVC 100% reciclável) inova nas linhas com fixação por ventosas na parte posterior, que dispensam a cola.No setor residencial, apresenta a linha InterComfort, com adesivo à base de água.

Interfloor

Cerâmicas Aparici, coleção Acoustic

Da espanhola Cerâmicas Aparici, coleção Acoustic que, inspirada em ondas, formas, relevos, promete bom desempenho acústico.

3- Versatilidade: materiais que podem ser utilizados no piso, nas paredes, nas fachadas e até para compor peças como mesas e bancadas;

Exemplo: Porcelanatos extra finos – fachadas ventiladas, Revestimento vinílicos que imitam bambu e madeira para revestir pisos e/ou paredes;

The SIze, laminas porcelanicas da Alicante

Estas lâminas porcelânicas da The Size, Alicante, vêm em 16 cores. Produzida com matéria prima 100% natural, a lâmina porcelânica se diferencia do porcelanato e dos revestimentos cerâmicos convencionais por sua pouca espessura (3 mm e 5 mm) e comercialização em chapas de 3700 mm por 1270 mm.

Caesarstone lança uma linha de revestimentos de quartzo texturizadas e estampadas, criando inúmeras possibilidades de aplicações.

ACE apresentou o WallDress, um revestimento vinílico para parede (1a foto) e o piso vinílico ImpressionFloor (2a foto do site da empresa) que imita jatobá, bambu e mais 9 madeiras. Dispensa cera e impermeabilização e pode ser usado em áreas de tráfego intenso. (via Simples Decoracao)

4- Cores e Texturas: chega de monotomia nos ambientes as opções sao inúmeras, os lançamentos apresentam muitas estampas, cores, texturas e o melhor customização, portanto dê asas a imaginação;

Ladrilho Patchwork da Ceusa.

Da Solarium, nova coleção de revestimentos cimentícios com design assinado pela brasileira Renata Rubim.

 

8 Truques para lembrar na hora de Pintar

A pintura é uma alternativa rápida e em conta para dar uma repaginada nos nossos cantinhos e levantar o ASTRAL! Por isso adorei estas dicas da Super Interessante pois para os adeptos do D.I.Y (faça-você-mesmo) são muito importantes.

1- Mix de cores

Calcule a quantidade de latas de tinta que você vai usar. Se elas forem de lotes diferentes, pode haver uma diferença no tom da cor. Aí faça como os profissionais: misture tudo em um recipiente para igualar os tons e só então pinte.

2- Que papelão

Para cobrir o chão, jamais use plástico. Você vai acabar pisando na tinta úmida e sujando a casa. Quem conhece o assunto usa papelão ondulado, que é barato, absorve a tinta que cai e faz com que ela seque mais rapidamente.

3- Clima ameno

Confira a previsão do tempo. Se o clima estiver muito úmido, a tinta não seca. Já se o ar estiver seco ou quente, a tinta não se espalha e a parede fica manchada. Por isso, evite dias com umidade menor de 10%.

4- Esfrega

Limpeza é fundamental para evitar manchas na nova pintura. Se a parede estiver somente suja, água e detergente nela. Se estiver com mofo, use água sanitária. O desenho lindo que aquela criança pintou na parede com caneta colorida pode ser apagado com álcool. Já os rabiscos de caneta esferográfica só saem mesmo lixando.

5- No rodapé

Compre a fita crepe mais grossa que você encontrar para cobrir o rodapé. Tire o pó para que a fita grude melhor, e passe uma régua para garantir a aderência. E nada de lambança: comece pintando o centro da parede para então puxar a tinta em direção ao rodapé. Assim o pincel chega mais “seco” no chão.

6- Dobradura

Vai pintar a porta? Preste atenção nas dobradiças! Para protegê-las, passe vaselina líquida, que vai deixálas oleosas e impedir que a tinta grude.

7- Raspadinha

Proteja a moldura da janela com fita crepe, mas nem perca tempo cobrindo os vidros. Eles só sujam com os pingos da tintura do teto. Para evitar isso, não passe o rolo em direção à janela, role no sentido contrário. Se mesmo assim caírem gotas, é simples: passe uma espátula de plástico para remover a tinta quando já estiver seca.

8- Truque de mestre

Primeiro passe um pincel nos limites da parede. Antes de deixar a tinta secar, já complete a área com o rolo. Espere 3 horas e repita a aplicação. A segunda demão elimina as diferenças entre os cantos, que foram pintados com pincel, e o centro, pintado com rolo.

FONTE: Super Interessante

Categoria: Blog, DICAS · Tags: , , , ,

Quadros: como usá-los

Adorei este post das meninas do Assim eu gosto sobre quadros e resolvi compartilhar com vcs!

“‘Os quadros são ferramentas ideais, que dão toque final ou mais vida na decoração de um ambiente. Mas como organizá-los? Seguir uma lista de considerações pode auxiliar e muito na hora de escolher o quadro certo para cada lugar.

Dispostos em ambientes variados, a proporção ideal deve  relacionar o tamanho do quadro com as dimensões do espaço. Além disso, compõem a parede em conjunto ou unicamente, dependendo do seu tamanho ou forma. As molduras devem ser escolhidas com atenção para não comprometer  a linguagem da obra, podendo ser coloridas, simples ou rebuscadas.

Sozinhos

A regra básica ao pendurar os quadros é deixá-los mais ou menos na altura do olhar, ou seja, levando-se em conta a altura média dos observadores de 1,70 m de altura, o centro do quadro deve ficar a mais ou menos 1,60 m do chão. Mas alguns elementos nos ambientes podem variar essa altura. Se o quadro vai ficar em cima de um sofá, ele deve ficar entre 25 e 40cm acima da altura do encosto do sofá. Se o quadro for para cima de uma cama, caso a cama não tenha cabeceira, o quadro deve estar a no mínimo 60 cm do colchão, e caso tenha, a 20 cm da mesma. No caso de um ambiente que tenha um elemento marcante, como por exemplo uma mesa de jantar, o quadro deve ser centralizado pelo elemento e não pela parede.

Em conjunto

Planejar a uma composição de quadros é muito importante, antes de sair pendurando de qualquer jeito. O ideal é colocar primeiro todos quadros no chão e testar as possibilidades. Deve-se buscar o equilíbrio entre as cores e tamanhos de cada elemento e manter um espaço entre um e outro de 10 a 12cm, aproximadamente.

Prateleiras

Um outro artifício são as prateleiras, onde os quadros podem ficar apenas apoiados. Isto dá um toque moderno à decoração, dando liberdade para mudar e compor rapidamente um novo visual ao espaço. O mesmo pode ser feito com quadros grandes, só que ao invés das prateleiras, apoiados no chão.

Pé-direito alto

Por mais alto que seja o pé-direito, os quadros devem começar a ser colocados a partir de uma peça existente. Eles podem ocupar a parede inteira ou podem ficar só na parte de baixo.  A não ser que queira colocar um quadro maior ou vários quadros, aí sim, poderá atingir pontos mais altos do pé-direito. A relação não muda porque ela começa de baixo e não de cima. O quadro não precisa ter uma distância certa do forro e do teto.

Fotos: Sites nasalacommaria, marcosecesarinteriores e livecreatingyourself, Revista Casa Vogue nº275, Revista DCasa nº 12, 16, 14 e 17, Revista Casa e Jardim”
 
via Assim eu gosto

Composição de Quadros: fotos

Continuação do post com dicas de como fazer a sua, se vc nao viu clique aqui.

Mais fotinhos de composições de quadros, fotos, gravuras e desenhos.

Composição de Quadros

Esta semana prestei uma consultoria de decoração para auxiliar uma família em como melhorar os espaços e dar mais charme a ambientação do apartamento alugado.

Uma das questões que abordamos foi a criação de uma parede com diversos quadros. Uma composição de gravuras e fotos para dar mais personalidade ao lar e que contará um pouco a história da família com gostos, itens pessoais e lugares que já visitaram.

Se você tambem quer fazer uma parede com muito charme e personalidade na sua casa, abaixo segue algumas dicas.

Dicas:
– as imagens, gravuras e fotos não precisam combinar entre si o que gera uma composição harmoniosa é escolher um padrão ou característica que estará presente em todos os componentes, por exemplo, imagens em preto e branco com detalhes coloridos;

– usar diferentes tamanhos e molduras é super legal para criar uma parede bem charmosa;

– use e abuse do paspatur;

– recortar cartolinas ou papel kraft com os diferentes tamanhos que voce deseja usar e brincar de combiná-los como um quebra-cabeça pode poupar muitos furos indesejáveis nas paredes;

– em ambientes claros use fotos e gravuras coloridos;

– em paredes escuras use molduras e paspatur claros para criar contraste;

– busque o equilíbrio entre as cores e tamanhos;

– mantenha um espaço entre um e outro de 10cm, aproximadamente.

– cuidado com o exagero! Áreas de respiro ajudam a destacar uma área trabalhada.

– tem criança em casa? Porque não escolher alguns desenhos para emoldurar e juntá-los a sua composição?

– centralizar um único objeto que seja grande ou alinhar um grupo pequeno deles, usando um sofá ou outro móvel que esteja abaixo da composição como referência, é uma outra estratégia bastante segura e de resultado muito bonito.

– depois que você definir como vão ficar os quadros, coloque-os sobre um papel kraft, desenhe direitinho onde fica cada um e onde tem que pregar os pregos na parede. Depois você cola o papel kraft com fita crepe na parede e bate os pregos. Fica bem mais fácil.

Aqui um esqueminha de como dispor quadros sem erro.  Observe a altura de 1.60 marcando o meio do quadro.

Essa é a altura do olhar do observador.

No exemplo seguinte a linha imaginária de 1.60, passa bem abaixo do quadro acima.

Dá trabalho, mas o resultado compensa!

Se vc ainda está em duvida e quiser uma ajudinha, me consulte. Presto serviço de consultoria personalizada.

Abaixo selecionei algumas fotos para nos inspirar!!!