Revista Casa e Construção

2016 foi um ano de muito trabalho e conquistas, completamos 5 anos de escritório, e para fechar com chave de ouro:
SAÍMOS EM UMA MATÉRIA EM UMA REVISTA IMPRESSA!

A publicação na Casa e Construção (edição 130) foi sobre um projeto super especial que fizemos desde a concepção, recebimento das chaves, execução da obra e produção.
O Apartamento foi presente surpresa de uma filha para a sua mãe! Pura emoção!!!
Pegamos as informações de preferência da futura moradora, como cor e estilo, e também nos preocupamos com a acessibilidade e funcionalidade dos ambientes. Detalhes como as alturas dos armários, posição da cama, vãos de passagem foram cuidadosamente projetados para facilitar o dia-a-dia da moradora.

Aqui em baixo está o vídeo com as imagens da nossa reportagem.

 

Veja alguns antes e depois dessa obra e por fim as fotos finais maravilhosas feitas pela fotógrafa Mariana Orsi.
A produção final do apartamento foi feita em parceria com a Designer Renata Romeiro.

 

Antes e Depois – Sala de Estar

Antes e Depois – Área de Serviço

Antes e Depois – Cozinha

Antes e Depois – Banheiro Suíte

Antes e Depois – Banheiro social

 

Cozinha integrada, móveis inferiores amadeirados e superiores com porta em vidro branco.

Detalhe Bancada em pedra com cooktop, ladrilho hidráulico e placa de inox na parede

Porta Articulada para acesso a lavanderia e móveis cozinha

Lavanderia com bancada em Caeserstone e móveis em marcenaria

 

 

Sala de jantar com mesa em laca branca, painel na parede com espelho e iluminação com lustre

Sala de estar, jantar e cozinha integrada

Sala de estar com painel em folha de madeira natural e móvel em laca branca

Sala de estar e varanda integradas

Varanda no mesmo nível da sala de estar

Detalhe das mesas de apoio na varanda

Painel de madeira para cultivo de ervas

Corredor com fotos da familia

Suíte romântica com papel de parede e detalhes na cor preferida da cliente

Suíte romântica, detalhe do criado mudo pintado em laca azul e janela acústica

Suíte romântica, detalhe da penteadeira com gavetas

Quarto de hóspedes com móveis de marcenaria para atender a necessidade do cliente

Quarto de hóspedes, detalhe do armário suspenso com nicho e espelho

Quarto de hóspedes, detalhe para a bancada de trabalho com iluminação embutida na prateleira

 

 

 

Decorando a casa para o inverno

É, o inverno está de volta, gostando ou não dessa estação do ano, temos que nos adaptar. Isso não é diferente com as nossas casas, com pequenas mudanças é possível mudar o visual, e deixar o lugar mais aconchegante. Veja algumas das nossas dicas para enfrentarmos esse friozinho com estilo.

Cadeira trico - Casa.com.br

Cadeira com trico – Fonte: casa.com.br

 

Almofadas e mantas

Com uma mudança pequena, investir em almofadas e mantas, além de dar um up no visual, é ótimo para o frio. Isso serve tanto para a sala quanto para os quartos. O melhor nas almofadas é a possibilidade de troca de capa, e sempre atualizar o ambiente de acordo com a estação ou com o nosso humor. As mantas são ótimas para assistir tv, as peseiras (tecidos que ficam na região dos pés na cama) além de aquecer, dá um chame ao quarto.

Colcha - Casa de Valentina

Sofá com manta e almofada – Fonte: Casa de Valentina

 

Cortinas

As cortinas de tecido fino dão lugar aos tecidos mais grossos, que não permitem a circulação de vento. O ideal é deixar as janelas e portas abertas pela manhã, e no restante do dia fechadas. Assim mantemos o ambiente arejado e aquecido ao mesmo tempo.

Cortina - Foto Thyara Porto

Sala com cortina de tecido- Fonte Thyara Porto

 

Lareira

As lareiras são uma ótima pedida para o friozinho, as mais indicadas são as ecológicas que são a base de álcool, não poluem e não precisam de chaminé, pois não emitem fumaça. No mercado existem de todos os tamanhos, as portáteis são fácil de transportar e cabem até em ambientes pequenos.

Lareira ecológica - construflama

Living com lareira ecológica – Fonte: Construflama

 

Tapetes

Os tapetes quando bem utilizados, preenchem a sala e completam a decoração. No inverno o ideal é usar os tapetes com tecidos mais felpudos, que aquecem e protegem do contato com o chão frio. Não se esqueça dos tapetes dos banheiros. Veja abaixo algumas imagens de como usar os tapetes sem errar no tamanho.

 

Tapete - Casa Vogue

Sala com tapete felpudo – Fonte: Casa Vogue

 

Tapete tamanho - incrivel.club

Acerte no tapete do quarto – Fonte: Incrível.club

 

Tapete tamanho - carinapedro.com

Acerte no tapete da sala – Fonte: carinapedro.com

 

 

Iluminação

Deixe de lado a iluminação branca e aposte nos tons amarelados, eles são mais aconchegantes e tornam o ambiente mais intimista, principalmente para os quartos.

Iluminação - palazzo.ind.br

Quarto com iluminação quente – Fonte: palazzo.ind.br

 

iluminação - temperatura

Temperatura de cor

 

Madeira

Não existe estação para a madeira, mas no inverno ela rouba a cena. Pode ser usada em diversos lugares, como pisos, painéis e mobiliários. Assim além de mais quente, o ambiente fica mais aconchegante.

Madeira - casa vogue

Sala com móveis em madeira e painel de madeira nas paredes – Fonte: Casa Vogue

 

Gostou de nossas dicas? Ficou com dúvida ou tem uma sugestão de assunto? Comente aqui em baixo!

 

Veja nossos perfis no Facebook e Instagram e fique por dentro de todas as novidades do escritório!

 

https://www.facebook.com/DanyelaCorreaArquiteta/

https://www.instagram.com/danyelacorrea.arquiteta/

 

Piso Vinílico

 

Continuando com o tema da semana Revestimentos, o assunto de hoje será Piso Vinílico.

piso-vinilico-eucafloor-decore1

Piso vinílico em réguas – Linha Family – Fonte: Eucafloor

Esse tipo de piso é recomendado para uso interno, está disponível no mercado em diversos formatos e acabamentos. Tem um ótimo custo benefício, pois é possível ter aparência de um piso de madeira, com a facilidade de manutenção e instalação do piso vinílico. É feito com materiais recicláveis como o PVC, é antialérgico, não mancha e tem uma durabilidade grande. Algumas marcas como a Tarkett oferecem até 15 anos de garantia.

 

Sonora - Duratex

Piso vinílico em réguas – Linha Sonora – Fonte: Duratex

 

Para a sua instalação é necessário que o contrapiso esteja totalmente nivelado. Se algum problema for verificado pela equipe de instalação, é necessário que seja resolvido antes mesmo de dar continuidade na obra. Em muitos casos, é necessário aplicar uma massa niveladora sobre o contrapiso, feita com uma mistura de cimento e cola PVA.

 

vinilico-tarkett-piso-833401-MLB20311352210_052015-F

Piso vinílico em réguas – Linha Essence – Fonte: Tarkett

 

Outra vantagem é a possibilidade de ser instalado em cima de outros pisos, exceto o carpete têxtil, cimento queimado e piso de madeira. Assim, com o uso do vinílico podemos evitar o quebra quebra das reformas. A instalação pode levar até três dias e o ambiente pode ser usado no mesmo dia.

Existem dois tipos de tipo vinílico no mercado: o clicado e o colado.

Clicado

Installing wooden laminate flooring

Piso Vinílico Clicado – Fonte: http://info.zblu.com.br/

O piso vinílico clicado tem a instalação mais fácil, não é preciso usar cola, apenas o encaixe de suas peças. Isso faz com que não seja recomendado para locais úmidos, até mesmo para a limpeza é necessário o uso de apenas pano úmido, pois é possível que a água penetre pelas frestas e crie umidade embaixo do piso. Ele é mais resistente que o colado, e pode ser retirado e instalado novamente em outro local em casos de mudança.

 

Colado

Piso colado

Piso Vinílico colado – Fonte: http://maesamigas.com.br/

O colado tem sua instalação feita com cola adesivo acrílico indicada pelo fabricante. É permitido o uso em locais com umidade, lembrando que mesmo mais resistente, não é possível que fica submerso sob a água, e para a limpeza a água deve ser retirada com rapidez. Caso alguma peça tenha alguma avaria, ou problema na instalação, é possível retira-lá e colocar outra no local, o que não ocorre com o sistema click, que necessita que sejam retiradas várias peças para manutenção.

 

Mesmo com toda a facilidade de instalação, ainda é indicado que o serviço seja feito com mão-de-obra especializada. Muitos fornecedores deixam sua garantia totalmente vinculada com a instalação, então é preciso tomar cuidado. Além disso a durabilidade pode ser estendida de acordo com a qualidade do serviço.

Temos disponível no mercado diversos acabamento e formatos, as opções de manta são melhores para corredores, as placas são ótimas para piso elevados em locais comerciais, e as réguas normalmente são em acabamento imitando a madeira. As variedades são infinitas!

 

Tarkett linha magic 1

Piso vinílico em manta – Linha Magic Tarkett – Fonte: Tarkett

 

Tarkett linha magic

Piso vinílico em manta – Linha Magic Tarkett – Fonte: Tarkett

Sobre a limpeza, é necessário que seja feita após 5 dias da instalação, assim é garantido que o piso já está firme. As demais podem ser feitas com vassouras ou pano com detergente neutro. Lembrando que os pisos com relevos acumulam mais sujeira que os mais lisos.

Os melhores fabricantes de piso vinílico são a Tarkett, Eucatex e Duratex. Todos são apenas fabricantes e não fazem venda direta ao cliente final.

Veja abaixo os links e confira os modelos de cada marca:

http://tarkett.com.br/

http://www.eucatex.com.br/pt/pisos/pisos-vinilicos/

http://www.duratexmadeira.com.br/pisos-lvt/D81

 

Ficou com alguma dúvida? Comente aqui em abaixo e teremos todo o prazer em te ajudar.

Veja nossos perfis no facebook e Instagram e fique por dentro de todas as novidades do escritório!

 

https://www.facebook.com/DanyelaCorreaArquiteta/

https://www.instagram.com/danyelacorrea.arquiteta/

Cerâmica ou Porcelanato?

Você sabe quais são as diferenças entre cerâmicas e porcelanatos?

 

Para escolher o piso da reforma ou da casa nova, não podemos pensar só nas cores, texturas ou tamanhos. É preciso entender um pouco sobre os revestimentos disponíveis no mercado. Vamos entender um pouco sobre as suas diferenças, assim problemas futuros são evitados.

O tamanho das placas deve ser escolhido pelo tamanho do ambiente. As placas grandes sofrem muito com perdas em locais pequenos. Para esses lugares é recomendado usar peças menores, assim o pedreiro terá que fazer menos cortes para o assentamento.

Cuidado com as áreas molhadas! Ambientes externos, cozinhas ou banheiros exigem revestimentos antiderrapantes. Já em ambientes secos, como salas e quartos, pode ser usado pisos lisos e com brilho. Lembrando que os pisos de acabamento com brilho são mais frágeis e perdem o brilho com o tempo, principalmente em locais com movimento muito grande de pessoas.

Já sabe se vai comprar Porcelanato ou Cerâmica? Veja abaixo as especificações de cada piso.

 

 

Cerâmicas

revestimento ceramico portobello

Cerâmica Fonte: http://solucoeslucymizael.com.br/

São feitas principalmente por uma mistura de argila com outras substâncias químicas. São mais baratas que o Porcelanato e tem disponíveis modelos esmaltados e naturais. As esmaltadas são mais resistentes a umidade e a produtos químicos.

Existem também catagorias, Tipo A é a cerâmica de primeira linha, na sua grande maioria não tem defeitos visuais. Tipo B e C tem a mesma resistência que a primeira, mas aparecem alguns defeitos em seu acabamento. A Tipo D não tem garantia de resistência, além de seus defeitos visíveis, e não é mmuito recomendada, pois tem sua vida útil muito pequena.

 

 

Porcelanato

BANHEIRO

Porcelanato – Portobello Bianco Paonazzetto 90×90 Polido Retificado – Foto: Felipe Torelli

Esses são feitos com massa porcelânica e argilomineirais. Na sua fabricação sofrem mais queima que as cerâmicas, proporcionando maior resistência ao produto final. Outras vantagens são: alta resistência mecânica, resistência a agentes químicos, baixa absorção de umidades, além de serem mais fáceis de limpar. Tem uma facilidade maior na hora da instalação, pois todos têm o mesmo tamanho, sem grandes variações de peça para peça.

Os produtos com etiqueta de Qualidade A, ou Qualidade Extra, atendem as normas técnicas da NBR 15463 ou NBR 13818. Nessa categoria, os pisos tem tamanhos regulares e sem defeitos na superfície. A linha Comercial ou Tipo C, podem ter alguns defeitos e serem um pouco irregulares, é a versão mais barata, porém o cliente pode sofrer com perdas na hora do assentamento.

 

Além dessas linhas, o porcelanato pode ser encontrado em versões Esmaltadas ou Técnicas.

Esmaltadas: tem uma camada de esmalte na sua superfície e podem ter acabamento com brilho, rústico ou acetinado. Esses têm mais resistência a manchas.

 

Técnico / Massa única: a grande diferença quando comparados aos esmaltados, é que a peça técnica é feita com uma massa única. Além de trazer maior resistência e absorção de umidade, essa opção disfarça trincas e pequenos lascados, pois o seu interior tem a mesma cor que a superfície. Tem opção de acabamentos Natural sendo semifosco, ou Polidos que passam por um processo de polimento mecânico.

 

Piso concretíssima

Porcelanato – Portobello Matiz Grigo 60×120 Natural Retificado – Foto: Marcela Madureira

 

 

Sobre o corte das peças existem dois tipos:

Retificado: Tem os cantos retos em 90°, para a instalação é necessário uma quantidade menor de rejunte, podendo ser feito quase sem junta.

residencia SF

Porcelanato – Portobello Cement 90×90 Natural Retificado – Foto: Karen Felix e Maira Rossi

 

 

Bold:  Tem as bordas arrendondadas, e na instalação as peças ficam um pouco mias distante uma das outras, ficando mais parecido com os pisos cerâmicos.

restaurante canteiro santos

Porcelanato – Portobello Six Concreto Aparente 48×48 Bold – Foto: Felipe Torelli

 

 

Conseguiu definir qual o tipo de piso se encaixa mais no seu caso? Lembre-se de comprar de 10 a 15% a mais do que o necessário, pois existe perda no assentamento. Deixando para comprar depois, tem a possibilidade de não ser exatamente igual ao que foi comprado anteriormente.

Lembre-se também que a mão de obra para a instalação deve ser muito bem escolhida, assim a vida útil do seu piso pode ser prolongada a muito e muitos anos!

 

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato via comentário que responderemos assim que possível!

Curta nossa página no facebook e fique por dentro de todas as novidades do escritório!

https://www.facebook.com/DanyelaCorreaArquiteta/

Iluminação – LED e inspirações

Continuando o post anterior sobre Iluminação, vamos falar sobre os LEDs, os novos queridinhos da iluminação.

DanyC_apDetroit 029

Cabeceira com Fita de LED embutido

Na verdade os LEDs não são tão novinhos assim, eles estão presentes na nossa vida a tempos, no relógio digital, na luzinha da TV, rádio. A sua origem foi no ano de 1963 apenas na cor vermelha.

Depois de muitos estudos, essa tecnologia foi incluída nas lâmpadas, telas de TV, celulares e diversos outros lugares. Mas ainda há muito o que melhorar, e com certeza ouviremos muitas novidades sobre eles em breve.

 

As vantagens desse tipo de lâmpadas são muitos:

– Elas têm a vida útil muito maior que qualquer outro tipo, chegando até a 50.000 horas de uso! Fazendo com que o gasto com manutenção seja mínimo.

– Como utilizam baixa voltagem, não oferecem riscos na hora da instalação.

– É resistente a impactos, pois não usam filamentos internos para funcionarem

– Possuiu alta eficiência luminosa, apesar de ainda não ser a melhor nesse quesito. Podendo ser comparada as lâmpadas fluorescentes.

– Não usam mercúrio para seu funcionamento, sendo ecologicamente correta e não trazendo danos a natureza.

– Não causam danos a quadros e obras de artes, pois não emitem radiação infravermelha.

– São mais econômicas, pois não perde energia em forma de calor.

 

Alguns modelos de LED já podem ser dimmerizados, mas isso deve ser verificado no ato da compra, pois é variável de acordo com o modelo e fabricante. Abaixo veja um exemplo de como identificar se o produto tem essa possibilidade.

dimmer

LED dimmerizável. Fonte BlueLux

 

 

Com todas essas vantagens, a substituição dos antigos modelos por LEDs é cada dia maior. Elas já estão substituindo as lâmpadas dicroicas, PAR20, PAR30, incandescente comum, lâmpada balão e até tubos similares a fluorescentes.

LEDS

O custo inicial para a utilização de LEDs é maior que os outros, porém, as suas vantagens como a sua longa vida útil, faz com que o seu custo-beneficio seja melhor que as suas concorrentes.

Um ponto de desvantagem dos LEDs é o Índice de Reprodução de cor. Esse índice determina a fidelidade com que as cores de uma fonte de luz artificial é reproduzida, sendo uma escala de 0 a 100. Em outras palavras, quanto maior o índice, melhor podemos ver as cores reais dos objetos. A luz do sol tem o índice 100, já o LED tem em média 80, variando de acordo com o fabricante. Isso torna ainda mais importante a compra de mercadoria com melhore qualidade como os LEDs Philips e Osram. Veja abaixo os números de algumas lâmpadas existentes no mercado.

indice-de-reproducao-cor

IRC – Índice de Reprodução de Cor. Fonte Empalux

 

Precisamos tomar muito cuidado na hora de escolher o LED. Não existe uma normatização clara para a fabricação das lâmpadas, fazendo com que a qualidade seja afetada. É preferível investir um valor mais alto, a comprar um com origem duvidosa. Como ela se paga com o tempo, é necessário que dure bastante.

Portanto, busque bons profissionais para esse investimento tão importante, além de trazerem produtos de qualidade, a satisfação é certeira.

Está curtindo nossas publicações? Dê um like ou comente sobre o que você tem dúvida, teremos prazer em ajuda-los.

Veja agora algumas inspirações de projetos luminotécnicos que trouxeram vida ao local de instalação.

corredor

Iluminação decorativa com arandelas

 

Decora Brazil

Iluminação decorativa com Balizador no piso

 

DanyC_apDetroit 009

Iluminação na sala de jantar

 

abb5817e0fc272b95886c2792e5b87d7

Escada com iluminação no piso

 

Campo Belo-124

Cozinha com iluminação no forro

 

Campo Belo-137

Painel de TV iluminado

 

 

 

 

 

Matéria no site Terra.com.br

Confira o Antes e Depois deste apartamento na matéria do Terra com projeto do escritório Danyela Correa – arquitetura e interiores.

A reportagem destaca as transformações propostas pelo escritório para otimizar o espaço e adequa-lo as necessidades dos moradores, sempre com mto charme!

Veja materia completa no link: Vida e Estilo – Terra

Todo quarto tem jeito

Pessoal, gostaria de me desculpar pelo sumiço. Estou trabalhando bastante e estou mto feliz por isso.

Seguindo a linha de re-publicar posts que realmente gostei para compartilhar com vcs, este de hoje é do blog ricotanaoderrete.com. Este post foi sobre uma promoção da Oppa com a Farm na qual eles reformaram um quarto de uma seguidora. Achei mto legal e serve de inspiração pois boas idéias podem transformar lugares e o dia-a-dia das pessoas!!!

“A Farm e a Oppa têm uma parceria e já criaram até uma linha de móveis juntas. Pois bem. Eu não sabia, mas rolou um concurso chamado Colore onde, pra concorrer, você mandava um vídeo contando sobre sua casa e um cômodo que merecia passar por uma mudança.

A vencedora se chama Mariana Lopes e, meu deus, pirei com o que fizeram com o quarto dela.

Nesses screen shots que tirei do vídeo do Colore, dá pra ter uma noção de como era o quarto. Beeem miudinho. Muito pequeno mesmo, a ponto de me fazer ter vergonha de reclamar do tamanho do meu. Você olha e não imagina que dá pra fazer muita coisa, mas as equipes das duas marcas arrasaram muito.

Na decoração, tem muitos tecidos Farm e móveis Oppa, o que já é lindo, mas o que me impressionou mesmo foi como conseguiram criar soluções geniais pro espaço. O quarto ficou outro, minha gente. Eu já olhei mil vezes e ainda quero ver tantas outras, pra me inspirar o máximo possível, porque tem muita coisa genial ali.

Tentei mostrar um pouco das etapas e do resultado com essas imagens, mas não tem jeito. Só vendo o video mesmo pra ter real noção de como era e como ficou. Aconselho todo mundo a clicar na engrenagenzinha e assistir em HD. 🙂
VIDEO: http://youtu.be/3Cq3eXCtjms

Diz aí se não é impressionante. Me deu até um ânimo pra cuidar do meu quarto, planejar direitinho, renovar tudo. Adorei muito e espero que essa parceria entre Farm e Oppa continue rendendo inspirações lindas assim. Já sou fã.

Mais fotos na fanpage da Farm. ;)”

 

 

 

Armários: protagonista de um apto de sucesso

Encontrei este post da Natalia Noleto e resolvi compartilhar!!! Principalmente pois concordo plenamente sobre a importância de um projeto de marcenaria bem feito no resultado final da decoração e principalmente na funcionalidade dos espaços.

Uma marcenaria bem projetada e detalhada pode resolver questões importantíssimas como integração dos espaços, versatilidade de uso, armazenamento e funcionalidade.

Espero que gostem…

“Muitas pessoas não sabem, mas o projeto de detalhamento de marcenaria é bastante demorado, cheio de detalhes e faz toda a diferença em um projeto de interiores. O cliente sonha tanto com armários, mas como esta etapa é feita no final ( projeto executivo) muitas vezes o cliente não tem mais paciência para conferir todos os itens dessa parte tão sonhada.

Vamos para algumas dicas?

Dica 1- Antes de tudo: calma e paciência nessa etapa. Pensar em todos os itens que temos e queremos guardar e ainda prever o que vamos guardar no futuro exige um estudo. Reflita, pesquise e veja sua real necessidade.

(Fonte: aqui)

Dica 02- Marceneiro ou loja? Os dois são fundamentais eu diria. O que determina qual dos dois escolher no projeto será o nível de acabamento, prazo e valor. Por isso, mais uma vez: faça seu projeto com a orientação de um profissional e planeje. “Cada caso é um caso.”

(Fonte:aqui)

Dica 03- Acabamento – O que dá sofisticação à marcenaria, além do desenho, é o acabamento especificado. Muitas vezes uma borda ou um perfil especificado faz toda a diferença! Pesquise e acredite nos detalhes.

Dica 04 – Espaços – Cada vez mais os espaços estão enxutos nos apartamentos,  salas comerciais… Cada 10 cm faz diferença sim e a marcenaria entra em ação para fazer milagres. Por exemplo, um armário pode substituir uma alvenaria e ser a divisória do ambiente. Neste caso, o estudo da planta baixa é sim fundamental.

Dica 05- Investimento – O sonho de consumo de todo mundo: gastar pouco e ficar lindo. Quase IMPOSSÍVEL!!!! Tudo que é lindo sai caro mesmo!  A marcenaria é uma etapa mais cara, pois é quase uma arte. Por isso, é preciso programar e fazer uma poupança para esta etapa. Mas uma coisa é  fato: o resultado de uma marcenaria bem executada é fantástico!!!!”

Separei alguns projetos para inspirar:

(Fonte:natalianoleto.com.br; 1 e 2 Casa Cor São Paulo)

 

(Fonte:natalianoleto.com.br; Casa Cor Brasília)

(Fonte:nataianoleto.com.br; 1 e 2 – Casa Cor Sp. Gostei da cor escolhida para a marcenaria!)

(Fonte:natalianoleto.com.br; Casa Cor São Paulo 2013)

(Fonte:natalianoleto.com.br; 1- Casa Cor São Paulo 2013; 2- Casa Cor Brasília 2012. Fofuras do mundo infantil!!!)

(Fonte:natalianoleto.com.br; Marcenaria restaurante Casa Cor São Paulo 2013)

(Fonte:natalianoleto.com.br; 1,2 e 3 Casa Cor São Paulo)

Design com baixo custo

Você já parou pra pensar quanto custa decorar?

Claro que existem opções para todos os bolsos, hoje como diz o título, vou dar sugestões para os bolsos “magrinhos”.

Semana passada entreguei um projeto de uma sala para um jovem casal e resolvi fazer um post com sugestões de móveis com preços acessiveis para compor este ambiente. E o melhor, tudo online, facinho de comprar e pesquisar. O site é o Oppa, já comentei anteriormente dele aqui no blog e a cada dia eles lançam mais novidades e ficam mais completos! Confira:

 

1- Rack Masp 130cm Branco                  R$ 549,00

2- Luminária de Mesa Farolete Amarela R$ 199,00

3- Mesa de Jantar Morumbi Branca c/ Base Cacau R$ 529,00

4- Luminária Pendente Vita Preta         R$ 179,00

5- Cadeira Fidalga Tecido Cinza             R$399,00

6- Almofada Cristal 44×44                       R$109,90

7- Almofada Zabutoni 9 Pontos Azul      R$ 39,90

8- Buffet Lumini com Pés Pretos           R$ 749,00

9- Sofá Kappa 3 Lugares Cinza Claro R$2.099,00

Total R$ 6.488,70

Facebook: Oppa e Meu Blog

Apartamento 40m2

Já pensou em ter o seu cantinho pensado e executado para o seu dia-a-dia? Aproveitar muito cada espaço e deixá-los com a sua cara, não é uma delícia? Pois este jovem conseguiu isto com a ajuda do arquiteto Maurício Karam.

Veja esta reportagem da Casa e Jardim.

Como deixar um espaço de 40 m² mais amplo e confortável? O arquiteto valeu-se de ideias precisas: armários que guardam tudo, nichos mágicos, peças espelhadas, iluminação estratégica e, é claro, menos paredes. Inspire-se nas soluções. Por Marcelo Magnani

 
 
 

O quarto é integrado com a sala, mas pode ser fechado com uma porta de correr. Além do armário grande com portas de correr foi criado um estreito sobre a cama. Reparem que este armário suspenso não possui puxador para dar um efeito de painel. Assim, o ambiente fica mais limpo e moderno.

Fonte: Revista Casa e Jardim 

Já conferiu minhas dicas para pequenos espaços? Clique aqui.

Aconchegante na medida

Continuando os posts sobre apartamentos pequenos, este tem 42m2 e mto charme!

Apesar de ter apenas 42m², este apartamento decorado pelas arquitetas Mariana Noya eMarie Caro tem uma planta com área bem aproveitada, e uma varanda que ajuda a ampliar a sala:

Piso uniforme traz amplitude ao apê de 42 m², a proprietária pediu um revestimento prático e sugerimos placas de concrefit, de 1 x 1 m”, conta Marie. Para dar a sensação de que o estar é maior, as arquitetas substituíram o porcelanato da varanda por um deque de cumaru elevado à mesma altura do piso da sala. Em seguida, a dupla elegeu o freijó para a marcenaria planejada das salas de estar e jantar. Como o imóvel é novo, não houve reformas. A única modificação foi no nicho que separa a cozinha da sala, rebaixado a fim de funcionar como aparador. O menor dos dois dormitórios serve tanto de quarto para a moradora quando seus pais chegam de visita como de espaço de estudos. Ali, se alternam prateleiras para os livros de consulta e um armário fechado, que protege da poeira os volumes menos usados.

A estante de freijó tem painel para esconder a fiação dos equipamentos, nichos abertos e fechados, gavetas com puxador cavado e espaço pensado para encaixar duas cadeiras com rodízios embutidos. Versáteis, os assentos também são usados na mesa de jantar.

Ao lado do sofá de linho (Villa Nova), banco da Reciclamundo e mesinha da Loja Teo. Tapete da By Kamy. Todos os móveis, como a estante e as cadeiras, são da RG Marcenaria. Na varanda, mesa da Arterix.

 

Toda branca para ganhar amplitude, a cozinha é aberta para o estar. As arquitetas rebaixaram a bancada para 1,10 m de altura e trocaram o tampo de granito por um de cumaru, mais sintonizado com o freijó dos móveis da sala. No lado interno, há um armário.

A fim de otimizar o espaço, a sala de jantar se resume a um móvel em L com bancos que acomodam gavetas embutidas para CDs e DVDs, apoiadas em uma base com recuo de 10 cm. O assento ganhou estofado e almofadas de linho.

Um recurso para dar a impressão de que a sala é maior foi a definição de dois papéis de parede diferentes, criando um contraponto entre a estampa vibrante de flores e a sobriedade das listras douradas sobre o fundo verde. No jantar, a estrela é a gravura de Picasso emoldurada pela Struttura Arte Moldura. Com 1,60 m x 80 cm de largura, a mesa é deslocada facilmente. Papéis de parede da Villa Nova e pendente da Lumini.

No quarto-escritório, ao lado do armário, uma lousa de laminado exibe anotações. Colada na porta, a bancada de estudos de MDF com acabamento gofrato branco foi projetada com gavetas sem puxadores para não roubar espaço nem causar interferência visual

A cama de MDF laqueado, de 1,90 m x 90 cm e 32 cm de altura, tem dois gavetões de 73 cm de comprimento e 21 cm de altura, pensados sob medida para guardar roupas de cama e de banho, o que permitiu poupar espaço interno do armário de roupas. Luminárias da Lumini e persiana da Luxafl ex. Roupa de cama da Trousseau e almofadas da Coisas da Doris. Móveis da RG Marcenaria. As paredes receberam uma mistura de tintas da Sherwin- Willians: branco com Realist Beige (ref. SW6078).

Para sair do lugar-comum, as arquitetas optaram por uma mesa de metal vermelho e um banco dourado, peças que funcionam como criado-mudo. Além de charmosos, os móveis arredondados equilibram visualmente as linhas retas da cama, da cabeceira e do armário. Banco dourado da Benedixt.

1. O armário (2,94 m x 60 cm de profundidade) com portas de correr não prejudica a circulação no quarto da moradora. Ela pediu que uma das três portas fosse revestida de espelho. O recurso, além de ampliar o ambiente, espalha a luz que vem da janela na parede oposta. 2. Arrematado com uma moldura laqueada, o painel revestido de linho, de 2,71 x 1,20 m de altura, faz as vezes de cabeceira para a cama, que tem três gavetões embutidos na parte de baixo. Com 4 cm de profundidade, o painel serve de apoio para quadros. No quarto da moradora, a escadinha da Reciclamundo, usada como criado-mudo, é útil para alcançar objetos na parte de cima do armário. Roupa de cama da Trousseau e luminária da Lumini.

Post via Casa.com.brMiniapartamento

Dicas para apartamentos pequenos

Esta semana recebi um pedido para fazer um post com algumas dicas para apartamentos pequenos.

A principal dica que posso dar é tenha um projeto bem feito para atender as SUAS necessidades afinal qnd o espaço é pouco temos que aproveitar todos os cantinhos. E a principal peça para um projeto de espaços pequenos é a marcenaria sob medida, pois ela permite organizar tudo e aproveitando cada centímetro.

Bom, para ser pratica listei 10 dicas para ajudá-los:

1. projeto de interiores bem definido e funcional

2. marcenaria sob medida

3. trabalhe com poucos moveis
4. integração, qto menos paredes melhor
5. otimize cada área (Nada de deixar 3 áreas diferentes para refeição ou separar sala de estar da sala de tv. É melhor uma sala maior q duas ou três compartimentadas)
6. unificar os acabamentos
7. use e abuse de tons neutros
8. brinque com cores nos detalhes
9. utilize toda a altura do pé-direito
10.invista em tecnologia, os eletrodomésticos estão cada vez mais potentes e menores

Vou aos poucos complementar este post com fotos e imagens para exemplificar.

Pequenos espaços?

E se vc pudesse fazer mais com o espaço que vc tem…

Uma das grandes vantagens de se contratar um profissional, arquiteto ou designer, é transformar os espaços, torná-los funcionais para a rotina de quem irá utilizá-los.

“Uma casa dos sonhos não precisa ser grande, apenas inteligente.”

Hoje temos novidade no blog! Agora todos os posts tem um coraçãozinho no final com o ícone GOSTEI!!! É só clicar nele, e já saberei que vocês amaram o post!!

Conto com muitas clicadas, hein?

Este video mostra algumas idéias de projeto para pequenos espaços.